30° 26° Manaus, AM
04/11/2013 - 15h16

Assaltantes levaram cerca de R$ 1,3 milhão da agência do BB de Lábrea. Veja fotos deles em fuga e do carro incendiado na ponte

Fontes policiais, que continuam em perseguição dos assaltantes de agências do BB e do Bradesco, no Município de Lábrea, disseram que eles levaram perto de R$ 1,3 milhão em dinheiro.

Uma refém conseguiu fotografá-los com os fuzis FAL 7,62, que é uma arma de guerra, na hora da fuga.

Um policial enviou foto do momento em que as viaturas chegaram à ponte da BR-230, com um carro incendiado no meio dela, para dificultar a passagem dos carros da polícia.

Refém conseguiu fotografar os assaltantes, no momento da fuga. Abaixo, à esquerda,   um deles, mascarado, porta um FAL 7,62

Refém conseguiu fotografar os assaltantes, no momento da fuga. Abaixo, à esquerda, um deles, mascarado, porta um FAL 7,62

Momento em que as viaturas policiais chegaram à ponte, onde os assaltantes incendiaram um carro para deter a polícia

Momento em que as viaturas policiais chegaram à ponte, onde os assaltantes incendiaram um carro para deter a polícia

Um comentário para “Assaltantes levaram cerca de R$ 1,3 milhão da agência do BB de Lábrea. Veja fotos deles em fuga e do carro incendiado na ponte

  1. Marcio disse:

    Prezado Marcos Santos. Antes que vocês noticiem quero esclarecer a vocês que essa história do hidroavião em Lábrea não passa de um TREMENDO mal entendido. Esta aeronave que estava decolando de Lábrea, coincidentemente, no mesmo horário que os bandidos fugiam, estava realizando um voo de socorro, transportando indígenas de uma aldeia da região, para tratamento de saúde em Porto Velho. Quem veiculou essa notícia, no dia de ontem (05/10), cometeu um tremendo engano, associando dois fatos totalmente diferentes a um só.
    A aeronave pertence a uma ONG chamada Asas de Socorro e fica baseada em Porto Velho. Ela atua na Região Sul do Amazonas, há mais de 4 anos, em missões de misericórdia e socorro humanitário. Por favor, não cometam essa tremenda injustiça, associando a decolagem deste hidroavião com o assalto. Sou amigo pessoal do piloto e tenho muito mais detalhes, caso isso seja necessário. Só para vocês terem uma informação final: A aeroanve é um Cessna 206, que tem capacidade de levar apenas 4 passageiros. Como é que 7 bandidos e 6 reféns conseguiriam entrar nele? É como colocar 14 pessoas num fusca. Não tem como!
    A disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook