19/09/2012 - 19h05

Tumulto interrompe reunião para tratar da regulamentação dos mototaxistas

Um tumulto provocado por 80 mototaxistas interrompeu a reunião realizada na tarde desta quarta-feira (19.09), pela Superintendência Municipal de Transportes Urbanos  (SMTU),   no auditório do órgão.

Em nota divulgada à imprensa, a SMTU diz que “grande parte dos atuais mototaxistas são liderados por pseudos-presidentes de associações e cooperativas, e que esses representantes não têm interesse na regulamentação, eis que a desordem e o caos nesse modal nutrem seus negócios nas referidas entidades”.

Em nota, o presidente da SMTU, Wesley Andrade, disse que parte dos mototaxistas é liderada por “pseudos-presidentes” de associações e cooperativas.

“Com a regulamentação, a Prefeitura de Manaus pretende prestigiar o trabalhador que depende dessa profissão para seu sustento e de sua família. A permissão do serviço será dada, via licitação, individualmente ao profissional, libertando-o das amarras que hoje existem nessas entidades lideradas pelas mesmas pessoas que provocaram o encerramento prematuro da reunião”, declarou o Superintendente Wesley Aguiar.

A nota diz ainda que a gestão do Superintendente à frente da SMTU é pragmática e pautada em resultados e por esse motivo, ele irá se reunir com a comissão interna e redefinir quais os próximos passos para a regulamentação. Para a SMTU, o episódio de hoje mostra que “audiências públicas e reuniões são impraticáveis com grande parte desta categoria”.

Um comentário para “Tumulto interrompe reunião para tratar da regulamentação dos mototaxistas

  1. Joao de Oliveira disse:

    Marcos comente por favor a minha fala. Sou professor da Seduc. E não é verdade o que o Senhor Pres. do Sinteam falou na entrevista a pouco. Falei com o Governador durante sua caminhada na Feira do Jorge Teixeira sobre o assunto, e pasmen, ele me disse na frente de todo mundo, que no momento não pode fazer nada, e que está estudando o fato e que depende de investimentos do Governo federal para tomar decisão. Ou seja jogou a culpar para a Dilma. Eu disse a ele que valorizasse mais o Professor tomando tal decisão e ele desconversou e foi embora com a sua comitiva na presença do Chico preto. Na verdade a mais de dois anos que ele já deveria ter implantado a Hora de trabalho pedagogico (HTP) para o professor não levar trabalho pra casa. Isso é um desrespeito com o Professor. Sem falar do aumento real acima da inflação que ele nunca dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook