19/09/2012 - 00h26

Polícia Civil realiza operação Renascer II, na Zona Sul de Manaus

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou, nesta terça-feira (18.09), a Operação Renascer II, no bairro Presidente Vargas, zona sul da capital, para cumprir 14 mandados de busca e apreensão e dois de prisão.

A operação contou com a participação de 13 Distritos Integrados de Polícia (DIPs), das seccionais Sul, Leste e Oeste, da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecentes (DEPRE), Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), Grupo Fera e do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

Os suspeitos e as armas e dinheiro apreendidos durante a operação.

O aposentado Delvino Fernandes Machado, 69, teve sua casa revistada após uma denúncia feita por telefone ao 181. De acordo com o denunciante, na casa funcionava um ponto de tráfico de drogas. Durante a operação, os policiais encontraram um sistema eletrônico que monitorava o movimento da rua. Eles apreenderam um revólver calibre 38, munição intacta, R$ 6.360,00 e cerca de 5 m³  de madeira ilegal. Delvino alega possuir a documentação de origem florestal (DOF) da madeira, mas que não sabe onde ela está. Nenhuma substância entorpecente foi encontrada. O suspeito foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo (Artº 14) e por crime ambiental (Artº 46). A madeira será doada para o exercito.

Na rua Santa Quitéria, nº 171, foram apreendidas 47 trouxinhas de cocaína. A droga estava em poder de Nilson França Gonçalves, 27, conhecido como “Keko”. Na rua Legião, nº 157, Vila do Senhor Menandro, Rafael Ramos Viana, 18, foi preso com 25 trouxinhas. O suspeito alega que a droga pertence à tia dele que é praticante de rituais religiosos.

Enderson Seixas de Freitas, 26, também foi preso em cumprimento de mandado de prisão por roubo. O suspeito foi capturado na rua 2, comunidade Bom Jesus, nº 131, Jorge Teixeira, 2ª etapa. Ele será conduzido ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (COMPAJ), onde cumprirá pena em regime fechado.

Na operação também foram apreendidos uma pistola de ar comprimido, um pacote de “chumbinho”, encontrados no beco São Domingos e a quantia de R$ 4.020,00, que foi abandonado em uma residência localizada na rua 3, quadra 37, nº 3, no São José, suspeita de ser um ponto de tráfico de drogas.

O Delegado Geral Josué Rocha e o Delegado Adjunto Mário Aufiero acompanharam toda a operação. O Delegado Geral afirma que “esta é mais uma operação realizada pela Polícia Civil, as seccionais estão monitorando as áreas após denuncias e a partir de então quando esses locais são identificados, pedimos da justiça o mandado. A operação foi realizada com o objetivo de fazer o levantamento de dados desses locais”.

O delegado adjunto ainda reforça que a polícia fará monitoramento e realizará rondas pelas áreas identificadas como focos de denúncias e ressaltou a importância da população continuar denunciando pontos de vendas de drogas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook